Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída

O serviço de streaming Amazon Prime revisita a história mundialmente famosa de Christiane F. por meio de uma minissérie com oito episódios.

Film | Wir Kinder vom Bahnhof Zoo

No final dos anos 1970 e início dos anos 1980, o drama de uma adolescente identificada como Christiane F. ganhou as manchetes na Alemanha, deixando o país em estado de choque. O livro autobiográfico de 1978 Wir Kinder vom Bahnhof Zoo (traduzido no Brasil para Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída) foi considerado escandaloso, mas chamou a atenção sobre como a sociedade alemã estava falhando com suas crianças. DW

Cover des Buches Wir Kinder vom Bahnhof Zoo von Christian F. - Hochformat

Embora o livro tenha sido realmente escrito por dois jornalistas da revista alemã Stern, com base em dias de entrevistas com a protagonista Christiane Felscherinow, a narrativa em primeira pessoa se revelou um relato perturbador da realidade do uso de drogas e suas consequências.

Christiane tinha somente 15 anos ao ser entrevistada pelos repórteres, mas também tinha muita coisa para contar, e o fez minuciosamente. Traduzido para 15 línguas, o livro virou best-seller em mais de 30 países. Em abril de 1981, estreava o filme homônimo dirigido por Ulrich Edel, estrelado por Natja Brunckhorst no papel de Christiane e com a participação de David Bowie. Sua música Heroes tornou-se, praticamente, a canção-tema do filme.

A atriz austro-australiana Jana McKinnon interpreta o papel principal. O produtor de cinema Oliver Berben, filho da famosa atriz alemã Iris Berben, não poupou custos ao retratar os altos e baixos do uso de drogas ao longo da série que se estende por sete horas.

Mas será que a geração do streaming ainda pode ficar chocada, comovida ou até mesmo seduzida pela história de Christiane F. – ou o público viu coisas piores nos 40 anos desde o lançamento do livro?

Christiane Vera Felscherinow

Christiane Felscherinow em uma fotografia dos anos 2010. Ela continuou a ter reacaídas nos últimos anos.

E essa luta é algo com que qualquer pessoa – jovem ou velha – provavelmente pode ter empatia. O produtor Oliver Berben disse que a história é sobre “como os jovens tentam encontrar seu lugar neste mundo”.

“E este é um mundo difícil e brutal.”

Publicado por Edson Jesus

Welcome: https://edsonjnovaes.wordpress.com/ https://aicarr.wordpress.com/ https://mbaemopara.wordpress.com/2021/11/18/medicina/ https://jesushemp.wordpress.com/

4 comentários em “Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: