Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Cannabis, o prozac dos pobres?!?

O vício na cannabis é uma questão bastante relativa até mesmo para os cientistas. Segundo o biomédico Renato Filev, pesquisador do Núcleo de Neurobiologia e Transtornos Psiquiátricos da USP, o vício na cannabis, de fato, não existe, mas sim um hábito de fumá-la. João R. e Natália Eiras – SUPERINTERESSANTE O fato do conceito de dependênciaContinuar lendo “Cannabis, o prozac dos pobres?!?”

12 mini estufas DIY que você pode ter em casa

Proteger plantas e mudas delicadas não precisa ser caro graças a essas mini estufas DIY que você mesmo pode fazer. Com apenas um pouco de tempo e upcycling, você pode criar alguns pequenos espaços de cultivo engenhosos que darão às suas preciosas plantas um abrigo nos dias de frio. 15 DE AGOSTO DE 2022 – EDSON JESUSContinuar lendo “12 mini estufas DIY que você pode ter em casa”

MACONHA E A VANGUARDA BRASILEIRA

MACONHA E A VANGUARDA BRASILEIRA – EDUARDO BUENO A história da maconha no Brasil lançou seus primeiros fumos em abril de 1500, quando a frota cabralina ancorou por aqui, com suas velas e cordames feitos de… cânhamo. Sagrada para os africanos que a trouxeram para o Brasil e logo adotada pelos indígenas, a maconha passouContinuar lendo “MACONHA E A VANGUARDA BRASILEIRA”

Onde estudar maconha medicinal?!?

A comunidade acadêmica tem se interessado pelo tema, especialmente ao acompanhar estudos estrangeiros sobre o uso da maconha no tratamento de doenças como depressão, Síndrome de Hett, Alzheimer e esclerose múltipla. UM CANCERIANO LAR. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte abriu o primeiro curso sobre o uso terapêutico da cannabis, além das informações sobreContinuar lendo “Onde estudar maconha medicinal?!?”

História da Maconha

Esta pesquisa não tem intenção de fazer apologia ao uso de drogas, mas de uma análise historiográfica em torno da origem da maconha no Brasil e no mundo. Sedas e Pipes A maconha possuí seu primeiro registro em 27.000 a.C. A planta tem origem no Afeganistão e era também utilizada na Índia em rituais religiosos ou como medicamento. NaContinuar lendo “História da Maconha”

Maconha, o prozac dos pobres?!?

O vício na maconha é uma questão bastante relativa até mesmo para os cientistas. Segundo o biomédico Renato Filev, pesquisador do Núcleo de Neurobiologia e Transtornos Psiquiátricos da USP, o vício na cannabis, de fato, não existe, mas sim um hábito de fumá-la. João R. e Natália Eiras – SUPERINTERESSANTE O fato do conceito de dependênciaContinuar lendo “Maconha, o prozac dos pobres?!?”

Milton Friedman

A tirinha do australiano Stuart McMillen conta a história de Milton Friedman, economista estadunidense (e ex-assessor da campanha de Nixon) que defendeu  a legalização da maconha nos EUA se baseando no desastre que foi a ‘Lei Seca’ aplicada por lá nos anos 20, obrigando os americanos à comprarem do mercado negro, ao invés de ajudaremContinuar lendo “Milton Friedman”

A maconha como porta de entrada

Um dos argumentos, muito repetido nas mídias sociais, nas conversas do dia a dia e até mesmo por autoridades é a famosa frase: “A maconha é a porta de entrada para drogas mais pesadas”. NORBERTO FISCHER Charas Se alguém seguir a mesma lógica para verificar quantas pessoas haviam consumido, por exemplo, refrigerante em suas vidas antesContinuar lendo “A maconha como porta de entrada”

Luto, maconha mata?!?

O governo mexicano deu início ao processo de legalização total da maconha recreativa. Após consulta nacional em uma série de reuniões públicas, os legisladores do México concordaram em honrar a promessa de discutir a perspectiva de legalizar a maconha. Um canceriano sem lar. Tudo começou após uma decisão da Suprema Corte do país, no ano passado,Continuar lendo “Luto, maconha mata?!?”

Tabaco e álcool sim, Maconha não. Por que?!?

O principal argumento dos proibicionistas é que drogas prejudicam o indivíduo e a sociedade e que a proibição diminui o consumo. Ambos argumentos que a priori se sustentam: psicotrópicos realmente podem “fazer mal” e em geral as drogas proibidas são menos utilizadas do que as drogas legalizadas. UM CANCERIANO SEM LAR. Contudo, isso não justifica que o álcoolContinuar lendo “Tabaco e álcool sim, Maconha não. Por que?!?”