Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

O QUE A CIÊNCIA TEM A DIZER SOBRE O POTENCIAL CLÍNICO DA Cannabis.

A maconha tem múltiplos usos, principalmente para fabricação de tecidos, papel e extração de compostos medicinais. A proibição de seu uso se deu a partir da década de 60 e com as políticas de combate e abuso da força policial a partir da década de 70 a política proibicionista sempre foi bastante criticada. Com isto,Continuar lendo “O QUE A CIÊNCIA TEM A DIZER SOBRE O POTENCIAL CLÍNICO DA Cannabis.”

Estudo comprova eficácia da cannabis no tratamento do Alzheimer

“A doença de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa caracterizada por neuroinflamação, depósitos extensivos de agregados de proteína beta-amiloide e perda de memória e habilidades cognitivas”, relatam os pesquisadores. “Os cérebros de pacientes com Alzheimer mostram maior expressão de receptores de canabinoides tipo 2 (CB2) e marcadores gliais. Os receptores CB2 atuam como um regulador deContinuar lendo “Estudo comprova eficácia da cannabis no tratamento do Alzheimer”

MACONHA NA TERCEIRA IDADE

Eles participaram de uma revolução de costumes e experimentações, viveram os anos 60, lutaram contra convenções, inventaram a contracultura e viram nas drogas uma oportunidade de libertação das amarras sociais. O tempo passou e os baby boomers, geração nascida no pós-guerra, envelheceram. Paloma Oliveto – Correio Braziliense Com o passar dos anos e com aContinuar lendo “MACONHA NA TERCEIRA IDADE”